Araxá, 20 de Junho 2019
Clima Agora
°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Política

Publicado em:29/04/2019
:: Ação Legislativa :: Bosco defende que Estado faça PPPs visando melhoria viária
Parlamentar se reuniu com o secretário de Transportes e Obras Públicas do governo Zema

Encontro foi realizado na Cidade Administrativa em BH

Na quinta-feira, 25, o deputado estadual Bosco esteve reunido com o secretário de Transportes e Obras Públicas, Marco Aurélio de Barcelos Silva. Na oportunidade eles trataram da possibilidade de viabilizar parceria público-privada (PPP) com a Empresa Bem Brasil Alimentos, localizada em Perdizes, visando a conclusão da obra de pavimentação asfáltica da Rodovia MGC-462, no trecho compreendido entre a BR- 452 e a BR-262. Faltam apenas 12 km de estrada a ser pavimentada.

Na mesma reunião o deputado Bosco também defendeu que seja viabilizada parceria público-privada com a BEVAP- Bioenergética Vale do Paracatu – S/A, em João Pinheiro, visando a pavimentação asfáltica do trecho que liga a rodovia LMG - 690 até a Usina. Participaram da reunião o diretor-presidente da Bem Brasil, João Rocheto, o prefeito e o presidente da Câmara de Perdizes, Vinícius e Luiz Flávio, respectivamente. Também esteve presente o diretor da Bevap, Edson Ribeiro.

Perdizes

O prefeito de Perdizes, Vinícius defendeu que o Estado pavimente o trecho, sendo este um dos pedidos mais constantes da população. “A melhoria na infraestrutura do referido trecho é essencial para oferecer boa trafegabilidade aos usuários e ainda reduzir a distância, em aproximadamente 70 quilômetros, até os grandes centros de distribuição”, destacou o Chefe do Executivo.

A Bem Brasil tem liderança do varejo nacional no segmento de batatas pré-fritas congeladas, fazendo frente competitiva a grandes companhias mundiais em seu segmento. No polo produtivo de Araxá/Perdizes, no Triângulo Mineiro, tem cerca de 600 colaboradores diretos, gerando mais de 2.000 empregos indiretos. Por se tratar de uma importante região produtora de batatas e cana-de-açúcar, o fluxo de veículos no local para transporte de matéria-prima e escoamento da produção é intenso.

Noroeste

A pavimentação asfáltica do trecho que liga a rodovia LMG - 690 até a Usina Bevap, referente a cinco quilômetros, visa facilitar o acesso e o escoamento da produção. O asfaltamento do referido trecho é um dos requisitos necessários para a comercialização do açúcar para importantes empresas.

A Bevap é uma das usinas mais avançadas tecnologicamente no Brasil para a produção de Etanol Hidratado, Açúcar e Co-geração de Energia Elétrica. Está estrategicamente inserida aos mercados consumidores locais e vias de exportação, sendo a maior empresa geradora de ICMS e de empregos do município, com aproximadamente 1700 funcionários. O recolhimento do ICMS pela BEVAP, no decorrer da safra 2018, foi de aproximadamente R$ 40 milhões.