Araxá, 26 de Janeiro 2020
Clima Agora
°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Polícia

Publicado em:26/05/2014
:: De Olho na Polícia :: Após discussão, homem é vítima de facada no pescoço no bairro São Pedro
Acusado foi preso em flagrante e encaminhado para Delegacia Regional de Segurança Pública

Acusado foi preso e encaminhado para Delegacia Regional de Segurança Pública. Fo

A Polícia Militar de Araxá registrou na noite de sexta-feira (23), uma tentativa de homicídio no bairro São Pedro em que um homem identificado como sendo C.C.O., de 26 anos, foi atingido por uma facada na região do pescoço. O acusado foi preso horas mais tarde e encaminhado para a Delegacia Regional de Segurança Pública.

De acordo com o boletim de ocorrências, por volta das 22h50 a PM foi acionada, via 190, para atendimento de uma ocorrência de tentativa de homicídio no bairro São Pedro. Rapidamente, uma viatura do Tático Móvel e uma unidade do 5º Pelotão do Corpo de Bombeiros se deslocaram para o local e encontraram a vítima caída ao solo e com uma faca cravada na região do pescoço. A vítima encontrava-se lúcida e consciente. O homem foi imobilizado e encaminhado para o Pronto Atendimento Municipal (PAM). A vítima foi submetida a cirurgia para retirada da faca e não corre risco de morte.

Testemunhas que estavam no local, relataram a PM que no interior de uma residência, havia um grupo de pessoas fazendo uso de bebida alcoólica, e que em dado momento, sem motivo aparente, iniciou-se uma discussão, momento este que a vitima C.C.O., desferiu um murro na face de A.S.X.R,, de 25 anos, que de imediato se apoderou de uma faca e desferiu um golpe no pescoço de C.C.O., que caiu ao solo. Em seguida o autor A.S.X.R., evadiu tomando rumo ignorado.

Viaturas do 37º Batalhão de Polícia Militar iniciaram intenso rastreamento e localizaram o acusado nas proximidades da Rua Pará, no bairro São Geraldo. O homem foi abordado e preso.

Diante dos fatos o autor A.S.X.R foi encaminhado para a delegacia de policia civil de Araxá, onde foi apresentado ao delegado de plantão para as providências cabíveis. A vitima C.C.O foi submetida a uma cirurgia para a retirada da faca que se encontrava alojada em seu pescoço, e segundo o médico plantonista , o mesmo não corria risco de vida.