Araxá, 17 de Agosto 2019
Clima Agora
°

Pesquisar

Você está em

Notícias

Polícia

Publicado em:17/04/2014
Funcionário da Bem Brasil morre em acidente na MGC-452 na região de Ibitimirim
Eder Luciano de Oliveira capotou o veículo após atropelar um tamanduá

O acidente culminou com a morte de Eder Luciano de Oliveira, de 32 anos, natural

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Araxá registrou na manhã de sábado (5), por volta de 5h30, um grave acidente automobilístico na MGC-452, região do Ibitimirim, a aproximadamente 15 km de Araxá. O acidente culminou com a morte de Eder Luciano de Oliveira, de 32 anos, natural de Perdizes/MG.

Segundo informações da PRE, o veiculo GM/Celta, placa HIG-4825 da cidade de Perdizes/MG, conduzido pela vitima Eder Oliveira, saiu de Araxá sentido a cidade de Perdizes/MG, onde no determinado local, uma Tamanduá invadiu a rodovia momento este que a vitima não conseguiu se desviar do animal, causando assim o atropelamento. Em seguida a vitima perdeu o controle direcional do veiculo, que saiu da pista e capotou as margens da rodovia.

Pessoas que passavam pelo local, acionaram o Corpo de Bombeiros de Araxá, que rapidamente se deslocou até o local e realizou os primeiros socorros a vitima, que se encontrava respondendo aos estímulos e perguntas dos bombeiros, sendo inclusive relatado aos bombeiros o motivo do acidente, seu nome e o endereço que residia na cidade de Perdizes/MG.

Resgatado e imobilizado pelos bombeiros a vitima foi encaminha ao Pronto Atendimento Municipal (PAM) porem no caminho a vitima não resistiu e veio a óbito antes mesmo de chegar ao PAM, segundo os bombeiros a vitima durante o deslocamento teve várias paradas cardíacas e apresentava sinais de hemorragias internas.

A vitima trabalhava em uma empresa de produção de batatas pré fritas em Araxá e tinha encerrado seu turno de trabalho onde estava se deslocando para a cidade de Perdizes, como sempre tinha o costume de fazer. A vítima era casado e tinha dois filhos pequenos, que residem na cidade de Perdizes juntamente com a esposa. A empresa através de seu diretor industrial esteve presente durante todo o tempo no IML de Araxá, prestando todo o apoio aos familiares até que o corpo fosse liberado.

A Perícia Técnica da Policia Civil de Araxá, compareceu ao local do acidente onde realizou seus trabalhos de praxe, em seguida o Instituto Médico Legal de Araxá (IML), compareceu ao PAM e removeu o corpo para necropsia e em seguida ser liberado aos familiares para o sepultamento.